O Memorial Minas Gerais Vale é um daqueles lugares em que o tempo passa e a gente nem percebe. Para os que já passaram pelo ensino fundamental e se recordam um pouco da história do Brasil, é como se pudêssemos voltar ao tempo e reviver parte da história da inconfidência mineira. Para os apaixonados por aventuras, é um chamariz para conhecer mais das cachoeiras e serras de Minas. E para os apaixonados por arte, é um convite ao deleite através de esculturas, quadros e fotografias. 
Vilas de Minas – Memorial Minas Gerais Vale
Mas será que cabe, num universo tão complexo que o Memorial Vale apresenta uma criança, que ainda não sabe nem o que é inconfidência, que não entende ainda a importância de serras e vales a visita ao Memorial? E como tornar este ambiente agradável para os pequenos? 
Pois até isso foi pensado, e logo na entrada do Memorial, ao deixar a bolsa no guarda-volumes, uma simpática monitora identificou a fala rápida alegre da Manu, se apresentou a ela e entregou a nossa pequena um kit da ‘trilha da criança’. Manu, logo quis conferir quais equipamentos teria para utilizar na visita. E como estás lendo, também já foi identificando o que queria ver, e quando possível, Manu usava os itens.
Fachada do Memorial Minas Gerais Vale

 

Manu pronta para a aventura!

A Visita pelo Memorial Minas Gerais Vale

O Memorial não tem uma ordem definida do que ver. Seus três andares compõem 26 espaços, que vão apresentando aos poucos a riqueza mineira. 
No primeiro piso, além da cafeteria (que voltaremos nela no final), conta-se um pouco de alguns dos ilustres dos filhos e símbolos de Minas.  Guimarães Rosa é lembrado através de um Ipê Rosa, do qual podemos pegar uma flor e levar para casa um verso deste renomado escritor. Um pouco da arte de fotografar e retirar o belo das mais diversas imagens é destaque no espaço dedicado ao Sebastião Salgado. E antes de subir para o segundo pavimento, vá ao jardim e aprecie um pouco do espaço e suas cores.
Sebastião Salgado no Memorial Minas Gerais Vale (e Manu, olhando os detalhes com a lupa)

 

Apreciando cada detalhe do Memorial
No segundo pavimento, a identidade mineira é a homenageada. Um pouco da política e da inconfidência num jogral gostoso de se assistir. A riqueza natural de Minas também não é esquecida, com sua diversidade ambiental e mineral. Os costumes, a família, o café e a cultura do leite também se fazem presentes nos espaços deste pavimento. E as Vilas de Minas, os morros e suas luzes são um espetáculo a parte.
Um pouco de história e tecnologia

 

A riqueza das Minas Gerais – Memorial Minas Gerais Vale

 

A família e o leite mineiro – Memorial Minas Gerais Vale

 

Vilas Mineiras: um pouco da arte e cultura – Memorial Minas Gerais Vale
Mais um pavimento e a gente se dá conta da beleza interna da edificação, conservada e mantida pelo Memorial. E para completar toda a riqueza do Memorial Vale, um pouco do modernismo em minas, e toda a beleza da arte e devoção do Vale de Jequitinhonha. 
Escadaria do Memorial

 

Arte e Religiosidade das Gerais – Memorial Vale

 

Cultura e Festas Tradicionais no terceiro pavimento do Memorial Minas Gerais Vale

 

A arte do Vale do Jequitinhonha

Café do Memorial

A visita durou facilmente cerca de 2 horas. E neste tempo, o tempo passou voando. Descemos ainda a tempo de aproveitar um pouco do Café do Memorial. Ali, além da lanchonete, é possível apreciar uma infinidade de cachaças mineiras – e assim, mais uma exposição das riquezas das Gerais.
Exposição de Cachaças no Café do Memorial

 

Café do Memorial

 

Para a alegria da pequena – bolo de chocolate no Café do Memorial

 

Para a alegria dos adultos – Café do Memorial

Nossa Percepção

Hora de finalizar a visita, devolver o kit que tanto alegrou a visita para a pequena e vir aqui, recomendar que numa visita a Belo Horizonte, não esqueça de se surpreender no Memorial Minas Gerais Vale.

Kit fornecido pelo Memorial Vale para os pequenos

E será que Manu gostou? Segundo ela, foi o melhor Museu de todos – sim, ganhou do Museu dos Brinquedos! O motivo nem precisa contar né?

Informações Importantes do Memorial Minas Gerais Vale

A visita ao Memorial é gratuita, e ele fica aberto a visitação nas terças, quartas, sextas e sábados das 10 até às 17:30, nas quintas até às 21:30 e aos domingos até às 15:30. Em todos os dias, o horário de permanência vai 30 minutos além do horário de entrada.
Vale ainda destacar que o Memorial fica no Circuito Liberdade, permitindo combinar a visita a este espaço com outros Museus e Centros Culturais deste Circuito. Mais ficas é possível conferir no Tá Indo pra Onde e no Turismo de Minas.

Compartilhe: