Brasília

O Museu Nacional e a Catedral de Brasília são aqueles pontos turísticos que estão lado a lado, de tal forma que ir a um sem fotografar ou se intrigar com o outro é até difícil. Por isso, resolvemos apresentar numa bolada só o que esperar da visita a estes, que são um dos pontos turísticos mais conhecidos da Capital Nacional.

Brasilia

A Catedral de Brasília e o Museu Nacional ao fundo

O Museu Nacional do Conjunto Cultural da República (Honestino Guimarães)

O Museu Nacional faz parte juntamente com a Biblioteca Nacional e a Praça que os recebe do Conjunto Cultural da República, ambos idealizados pelo urbanista Lucio Costa no final d 1950. A ideia deste espaço era de integrar o Setor Cultural Sul da Capital Federal, com atividades diversas e também sendo um chamariz para o turismo.

Embora a idealização do espaço tenha nascido junto com Brasília, apenas em 1999 as obras para tirar do papel o projeto de Niemeyer teve início. Concluído e inaugurado em 2006, com formato semi-esférico, o Museu Nacional chama atenção de longe. Impossível passar por ali e não se admirar com suas curvas.

Brasília

A rampa de entrada do Museu Nacional de Brasília

Por dentro, ainda mais impressionante. A impressão que se tem é a de estar dentro de uma nave espacial. A estrutura interna também impressiona, com suas rampas e linhas.

Brasília

Atenção para o teto do Museu Nacional

Brasília

As rampas e linhas de Niemeyer – Museu Nacional

Com a missão elevar e revelar ao maior número de pessoas possível, a cultura visual contemporânea, com vistas também no seu incentivo, difusão e seu reconhecimento pleno como um bem cultural universal, que deve ser preservado e democratizado (vide Museu Nacional), tivemos a oportunidade de apreciar duas exposições quando o visitamos, uma de Yutaka Toyota (O Ritmo do Espaço) e outra sobre a cultura da China. Ambas muito bem harmonizadas com o espaço do Museu, que emprestou todas as suas linhas para conversar com elas.

Brasília

Das fases da nossa jornada – esculturas em exposição no Museu Nacional

Brasília

Dos simbolismos do capitalismo com um toque chinês – exposição no Museu Nacional

Informações Importantes

A entrada no Museu Nacional é gratuita, e ele fica aberto para visitação de terça a domingo e feriados, das 9 às 18h30. O Museu não abre nos dias 25 de dezembro e 1º de janeiro, ou em feriados com grandes eventos na Esplanada dos Ministérios.

A Catedral Metropolitana de Brasília

A Catedral Metropolitana de Brasília foi o primeiro monumento construído em Brasília, tendo como projetista o arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer. Com o projeto da Catedral foi também que Niemeyer ganhou o maior prêmio da arquitetura à época, em 1988, Prêmio Pritzker. Inaugurada em 1970 e devidamente alocada no local destinado pelo urbanista Lucio Costa, a Catedral de Brasília tem como padroeira Nossa Senhora Aparecida, a mesma do Brasil.

Brasília

A Catedral de Brasília e o seu Campanário

Com um projeto modernista, a Catedral é composta por 16 colunas de concreto que convergem para um círculo central, lembrando o movimento das mãos elevando algo aos céus. A edificação abriga tanto em seu interior como exterior imediato diversas obras de arte.

Na parte de fora, na entrada da Catedral, é possível avistar 4 esculturas. São Mateus, Marcos, Lucas e João, os primeiros a escreverem sobre Cristo, os Evangelistas de Alfredo Ceschiatti com apoio do artista Dante Croce. Ainda na parte externa é possível avistar o Campanário, com 20 metros de altura e abrigando 4 sinos de bronze, doados pelo Governo Espanhol. Na Cruz, destaque no alto da Igreja, possui em sua constituição duas preciosidades, o fragmento da Cruz de Cristo e a cruz peitoral do primeiro Arcebispo de Brasília.

BRasília

As colunas da Catedral, o espelho d’água e a cruz.

No seu interior, é possível avistar de azulejos de Athos Bulcão no Batistério ao esplendoroso vital de Marianne Peretti. Ainda ali é possível apreciar a replica de Pietá, doados a Catedral, a Via Crucis por Di Cavalcanti e talvez o conjunto de esculturas que mais chame atenção, os anjos flutuantes de Alfredo Ceschiatti.

Brasília

A Pietá da Catedral de Brasília

Brasília

Os anjos da Catedral de Brasília e os vitrais

Atualmente a Catedral abre para a visitação às 9hs, mas caso prefira assistir uma missa ali também é possível. Os dias e horários são de terças a sextas-feira (às 12h15), sábados (às 17h) e domingos (8:30h, 10:30h e 18h). Para mais curiosidades a cerca da história da Catedral Metropolitana de Brasília sugiro a leitura do Cultura Genial.

Nossa Percepção

Para conhecer a o Museu Nacional e a Catedral de Brasília você pode separar cerca de 1 hora. A dica aqui é visitar primeiro a Catedral, e logo que ela abrir (às 9hs). Assim, a pegará vazia e terá a chance de apreciar não só as obras, como também o silêncio e paz que ela pode proporcionar. Depois, vá andando (coisa de 10 minutos) até o Museu, torça para ter uma exposição bacana e poder apreciar além das curvas de Niemeyer.

Em frente a Catedral tem uma feirinha de lembrancinhas de Brasília. Vale a pena parar para olhar e porque não, levar alguma contigo! E caso tenha dúvidas onde ficar em Brasília, a gente contou nossa experiência NESTE post!

Brasília

A fotoca de turista na Catedral de Brasília

Compartilhe: