aquário

No Aquário de São Paulo são apresentados mais que os tradicionais animais que esperamos encontrar, expandindo assim nossa imaginação para além dos animais aquáticos e também apresentado animais terrestres. A visita, encanta crianças e adultos, visto que muito do nosso imaginário construído pelos desenhos da infância são ali revisitados. E é um pouco da nossa experiência que tentaremos apresentar neste post.

aquario de sp

Como não parar e só observar!

O que fazer com uma escala de 5 horas? Voltando da nossa viagem pelo sul do Brasil a gente aproveitou a escala para conhecer o Aquário de São Paulo, localizado a cerca de 8 km do Aeroporto de Congonhas.

Ver o urso polar era um dos desejos da Manu, que volta e meia falava em ir para o Canadá realizar tal façanha. E como a viagem ao Canadá não está nos nossos planos de curto e médio prazo, porque não encurtar este desejo visitando este ilustre morador do Aquário de São Paulo? E assim, lá fomos nós!

O Aquário de São Paulo

O Aquário de São Paulo foi o primeiro aquário temático da América Latina, sendo inaugurado em 2006 com tanques que apresentavam entre outros ecossistemas os animais da Floresta Amazônica, Pantanal e Bacia do rio Tietê. Em 2008 teve a sua primeira ampliação, ganhando tanques que somavam o ambiente marinho aos tanques de água doce, e também apresentando espécies de ambientes de transição, como as que vivem em Manguezais e Costões Rochosos.

ambiente ducicóla

Sobre a parte aquática do Aquário de São Paulo

sapo

Os mini detalhes da natureza – Aquário de São Paulo

cenários

Os Igarapés Amazônicos no Aquário de São Paulo – Vista Superior

arraia

Arraia de água doce no Aquário de São Paulo

jabutis

Répteis do Brasil – um pouquinho sobre!

aquario marinho

Parte dos habitats marinhos do Aquário

Outras ampliações foram somadas ao Aquário de São Paulo, e logo animais terrestres da Amazônia, como macacos, passaram a fazer parte das espécies que habitavam ali. E em 2015 uma grande ampliação foi feita, e somado ao Aquário espécies de outros países, remontando ambientes da Ásia, Austrália e Africa, além do urso polar e outros animais dos polos.

pinguins

Direto da gelada Patagônia para o Brasil!

foca

O sorriso de quem tá de bem com a vida!

suricato

Parar para uma foto – porque mesmo?

asp

Das surpresas dos animais de outros continentes e terrestres do Aquário de São Paulo

macacos

Os macacos da África – Aquário de São Paulo

indonésia

Mudança de continente no Aquário de São Paulo

morcegos

Os morcegos da Indonésia!

cangurus

A Austrália e sua marca terrestre – os cangurus!

porco espinho

Achou?

ursos dormindo

O descanso dos justos! Os ursos do Aquário de São Paulo

Atualmente o Aquário de São Paulo conta com centenas de animais, tanto aquáticos quanto terrestres, que habitam nos seus 15 mil metros quadrados e nos 4 milhões de litros de água. E além dos animais o Aquário conta ainda com atrações diferenciadas, como cinema 7d, Jurassic Aquarium e as sereias (atração esporádica).

sereias

Momento de euforia no Aquário de São Paulo

Nossa Experiência

Fomos visitar o Aquário de São Paulo numa segunda-feira, dia que por acaso também tem um desconto nos ingressos e preço único tanto para adultos como crianças. Chegamos pela manhã, por volta das 10 horas, e por mais que fosse férias escolares, o Aquário não estava tão cheio. Mas, quando saímos, já havia muito mais gente ali.

A visita começa pelo setor de água doce e todo o encantamento dos peixes da Amazônia. Ali também encontramos as espécies de repteis, como jacarés e jabutis. Logo depois, passamos a admirar os animais marinhos, com suas cores vibrantes e movimentos ágeis.

aquário

Será que ela ficou com medo de sentar ali? Aquário de São Paulo

foca e manu

Manu só observando a agilidade das focas!

Os pinguins logo chamaram a atenção da pequena, assim como as focas e lontras. E percorrendo a sequência estipulada, foi possível visitar alguns ambientes por mais de um ângulo e algumas vezes passando por dentro deles.

Após percorrer a ala das espécies brasileiras, somos convidados a embarcar para os outros continentes. O primeiro deles é a Africa, e com uma cenografia bem bacana, já nos deparamos com a agitação dos suricatos e a beleza dos macacos. Depois, somos direcionados a conhecer um pouco da Indonésia, observando os morcegos gigantes e quando damos por si, já estamos na Austrália e admirando os cangurus com suas bolsas e a graciosidade dos coalas.

timão

Será que esse personagem de lembra algo?

canguru

O gentil e carismático canguru!

coalas

A meiguice dos coalas! Aquário de São Paulo

No Polo Norte, avistamos os tão esperados ursos polares. Talvez pelo fuso, estes grandalhões ficaram durante o tempo que os avistamos (tanto na parte de cima quanto na parte de baixo) deitados sob o gelo. Há avisos relatando que eles nem sempre estão acordados, devido aos seus hábitos. Mas como nem indo do Canadá existe a garantia de avistar estes, vê-los foi uma alegria para a pequena. Uma fica aqui é ir no espelho lateral, de onde fica melhor de avista-los.

ursos

Tocando o possível! Aquário de São Paulo

ursos polares

Primeiro momento com eles – os ursos polares!

Agora quem não cansou de se exibir foi o elefante marinho. Ele nadou para todos os lados e exibia sua forma como um galã.

elefante marinho

Olha ele – todo todo!

Após visitar as diversas espécies que moram ali, tivemos ainda a surpresa de poder ver as sereias. Durante as férias esta atração é acrescentada as outras tantas que tem no aquário, para a alegrias dos pequenos. Estava já bem na hora da gente ir embora, e Manu ficou enlouquecida nesta hora. Aliás, todas as crianças ficaram.

sereias

Aquele momento que a Manu pirou no Aquário de São Paulo

Entre um ambiente e outro sempre havia uma loja temática do Aquário. Então uma coisa que fizemos foi conversar antes e combinar que não compraríamos em todas as lojas, e sim apenas um item. Isso levou Manu a refletir o que queria invés de sair pedindo tudo. Mas essa tática deixa até a gente encantado em cada lojinha.

Ficamos no total cerca de 3h30 no Aquário de São Paulo. Esse tempo foi suficiente para visitarmos todos os animais com calma, além do tempo para o almoço.

Alimentação no Aquário de São Paulo

Antes de ir para o Polo Norte, passamos pelo restaurante e paramos para almoço. Optamos pelo tradicional prato feito, composto por arroz, feijão, carne, batata frita e uma saladinha de vinagrete. O prato custou R$22,00 (vinte e dois reais), isso em janeiro de 2019. A comida estava saborosa, embora simples. A quantidade não é das maiores, mas como a nossa fome também não era, nos sustentou.

restaurante do asp

O restaurante e praça de alimentação do Aquário de São Paulo

pf

Nosso rango no Aquário de São Paulo

Mas também havia a opção de lanches diversos. Em algumas atrações havia postos com lanches rápidos e bebidas.

Informações Importantes

O Aquário de São Paulo está localizado no bairro Ipiranga. E é possível chegar ali de ônibus, metro, aplicativos de transporte/táxi ou de carro. O local conta com estacionamento – que deve ser pago a parte. A nossa opção foi o deslocamento com o Uber, e levamos em torno de 20 minutos tanto na ida quanto na volta para o Aeroporto. Lembrando que fomos e voltamos fora dos horários de pico.

surfando

Quem surfaria uma onda destas? Aquário de São Paulo

Os preços dos ingressos variam de acordo com a categoria (inteiro, infantil, melhor idade) e dia da semana. Compras online podem também ter desconto, e por isso é bom ficar atento e verificar no site. Pagamos R$60,00 (sessenta reais) para cada um. Deu uma dorzinha no peito, mas depois de percorrer todo o aquário e ver a diversidade de animais ali, a gente passa a entender que manter o local não deve ser algo trivial e passa a não reclamar tanto do valor do ingresso.

Três atrações tem valores pagos a parte, são eles o Jurassic Aquarium, Cinema 7D e o Aquário Abaixo de Zero. Estas atrações estavam R$15,00 (quinze reais) e não fizemos nenhuma delas.

O Aquário de São Paulo funciona todos os dias da semana, das 9 às 19 horas. Entretanto, a entrada deve ser feita até às 17 horas.

muro do ASP

E não dá para negar que os ursos são uma atração a parte!

Compartilhe: