Serra do Cipó

Que a Serra do Cipó é um lugar especial neste Brasilzão a gente não precisa nem ressaltar, mas que lá estamos muito bem servidos quando o assunto é comida é bom contar um pouquinho!

Um pouco da Serra do Cipó – MG (Foto do Mirante)

Raramente olho antecedência o que comer no lugar que estou indo conhecer. Mas como nada é estático, ultimamente venho pesquisando por lugares que possa ter uma experiência legal ao invés de simplesmente comer algo e não agredir o bolso.

Minha principal ferramenta neste quesito vem sendo o TripAdvisor, onde coloco onde estou e procuro pelas opções que dão para ir a pé. Mas buscar um pouco o que os locais e blogs que já foram na região estão indicando vem ganhando espaço, visto que as vezes um deslocamento rápido de Uber já pode permitir uma experiência a mais.

E com esta vibe, vou contar aqui nossas experiências gastronômicas pela Serra do Cipó. Os restaurantes estão em ordem cronológica de visita, e nem sempre terá fotos dos pratos (vez ou outra a fome era maior que a lembrança de tirar uma foto e compartilhar por aqui).


– Dente de Leão Botequim

Localizado em uma ‘pequena galeria’ juntamente com outros estabelecimentos, o destaque para o Dente de Leão vai para o tempero da comida – divino! Escolhemos uma mesa na parte de fora do restaurantes, permitindo que observassemos Manoela enquanto ela brincava (existe ali um balanço e um escorregador). Nossa escolha foi o Tutu a Mineira (R$45,00) + uma porção de arroz (R$12,00). O prato nos serviu muito bem, e saímos satisfeitos com a escolha. No local também há opção de cervejas artesanais, para os apreciadores.  

Tutu a Mineira – Dente de Leão Botequim – Serra do Cipó – MG

 

Tutu a Mineira (bifes de porco) – Dente de Leão Botequim – Serra do Cipó – MG

– Almoço próximo a Estação Turística Serra Morena

Quanto estávamos indo para a Serra Morena, fomos abordados por um senhor fazendo a propaganda de um restaurante próximo a entrada da Estação. Os preços dos pratos executivos eram atrativos (por volta de 12 reais a combinação mais simples). Resolvemos parar ali para almoçar (ao invés de aproveitar o restaurante do complexo). A comida é simples, porém muito saborosa. Os sucos são feitos direto da fruta, e para quem quiser continuar a diversão na parte da tarde, pode descer e ficar tomando banho no rio ou andar de caiaque. Nós, como ficamos até o máximo suportável na Serra Morena, chegamos tarde (por volta das 15 horas) no restaurante (que não lembro por nada o nome), e não tinha mais muitas opções. Devido a hora, almoçamos e descansamos, não curtindo o que o local oferecia além da sombra da mangueira sob a qual almoçamos. 

Almoço próximo à Estação Serra Morena – Serra do Cipó – MG

– Restaurante Panela de Pedra

O Panela de Pedra fica localizado num complexo com outros restaurantes, atelies, lojas de artesanato e lembranças. Ele é facilmente identificado por ficar próximo a uma estátua do Juquinha. Aqui as delicias mineiras são a especialidade da casa, que além de um cardápio recheado de delicias conta também com uma mesa que é uma tentação que só para os amantes de doces. Pedimos uma porção de filé com fritas e feijão tropeiro mais uma porção de arroz (em torno de R$70,00 reais), que veio muito bem servida. Na escolha da mesa, sentamos em uma próximo a um escorregador que tinha na ‘rua’ do complexo (para Manu poder brincar até a hora de jantar). A decoração do restaurante também é uma graça, e só deixa mais gostoso o momento ali.

Complexo de Lojas próximo ao Panela de Pedra – Serra do Cipó – MG

 

Lojas próximas ao Panela de Pedra – Serra do Cipó – MG

 

Detalhe do banheiro do restaurante Panela de Pedra – Serra do Cipó – MG

 

Detalhes da decoração do Panela de Pedra – Serra do Cipó – MG

 

Nossa escolha para o jantar – Panela de Pedra – Serra do Cipó – MG

 

Filé com fritas + tropeiro + arroz – Panela de Pedra – Serra do Cipó – MG

 

Mesa das tentações – Panela de Pedra – Serra do Cipó – MG

– Pizzaria Forno da Serra

Havíamos passado o dia no Parque Nacional Serra do Cipó, e estávamos com muita fome – e vontade de comer pizza. Entramos em outro complexo de lojas (praticamente em frente ao do dia anterior) e logo gostamos na ‘cara’ da Pizzaria Forno da Serra. Como a promessa (que foi cumprida) era de pizza rápida, ali mesmo sentamos e pedimos uma calabresa. Pizza gostosa, de massa crocante e recheio farto. Na casa também tem uma carta de vinho (que devido ao cansaço físico, preferimos não apreciar) e opções de sobremesa ‘conjugadas’ com uma sorveteria do complexo. As pizzas variavam em torno de R$45,00 reais, e a sobremesa por volta de R$13,00 reais.

Manu curtindo com o quadro do Forno da Serra – Serra do Cipó – MG

Gostamos bastante das nossas escolhas gastronômicas. Tínhamos que agradar além do nosso paladar, o da Manu – que aceitou bem as opções. Nem sempre consegui tirar as fotos dos pratos (ainda no processo de aprendizagem), mas espero ter conseguido ao menos passar um pouco do lugar.

Compartilhe: