Ilhas Itatiaia - Vila Velha

Muitos são os destinos capixabas incríveis, onde elencar Top 10 é uma tarefa difícil visto os lugares de fazer a gente perder o fôlego e se surpreender como pode um estado ter tanta diversidade natural, lugares acolhedores e não ser divulgado como merece. E por isso, separamos aqui os top 10 destinos para já colocar na sua listinha de lugares para conhecer.

Pedra Azul

Bosque das Cerejeiras – próximo a entrada do Parque Estadual Pedra Azul

1) Parque da Fonte Grande – Vitória

Nada melhor do que começar essa listinha com uma das vistas mais incríveis da capital capixaba – a dos mirantes do Parque Estadual da Fonte Grande.

Fonte Grande - vitória

Vista para Vitória e a Terceira Ponte, do Mirante das Antenas, no Parque Estadual da Fonte Grande – Vitória

Localizado na parte central do maciço central da Ilha de Vitória, o Parque da Fonte Grande guarda fragmentos florestais de Mata Atlântica, com trilhas (do nível fácil ao mais puxado), centro de educação ambiental e vistas espetaculares – tanto para a vizinha Cariacica quanto Vila Velha.

Seu mirante principal está situado a cerca de 310 metros acima do nível do mar, e dali é possível observar parte de Vitória, a Terceira Ponte, Vila Velha e também as posições da lua, principalmente na lua cheia, quando o parque recebe o projeto Lua Cheia, e nestes dias, tem seu horário de visitação estendido até às 20 horas.

fonte Grande - Vitória

Lua Cheia no Parque da Fonte Grande – Vitória

É possível chegar a entrada do Parque da Fonte Grande de ônibus ou de carro. Caso vá de ônibus, o ponto é próximo ao portal do Parque, e será necessário subir até o Centro de Educação Ambiental e dali seguir para as trilhas de interesse. Para essa opção, opte por calçado apropriado para caminhadas, leve uma garrafa de água e para se guiar quanto ao ônibus que deverá pegar, só consultar no Ponto Vitória.

Caso vá de carro, é possível subir até o Centro de Educação Ambiental e estacionar o carro lá em cima. Dali, é curtir as trilhas que o parque proporciona.

Fonte Grande - Vitória

Mirante do Sumaré, com vista para a baía de Vitória e o município de Cariacica. Observe a Basílica de Santo Antônio no extremo esquerdo da imagem.

A entrada no Parque é gratuita, e ele fica aberto de terça a domingo, das 8 às 17 horas, exceto nos dias de Lua Cheia, que o parque fecha às 20 horas. Caso queira conhecer outros parques localizados na capital capixaba, vale a pena conferir este POST!

2) Convento da Penha – Vila Velha

Lugar de muita devoção e fé para o capixaba, é até difícil descrever o que se deve esperar da visita ao Convento da Penha, visto que será muito pessoal a sua experiência por lá.

Convento da Penha - Vila Velha

Convento da Penha – Vila Velha

Mas independente da sua religião ou crença, observará que o Convento é um lugar de muita paz e tranquilidade. Localizado no alto de uma formação rochosa e envolto de Mata Atlântica, dali pouco se houve do barulho da cidade. O canto dos pássaros é a melodia do lugar, que só é interrompido pelo badalar dos sinos ou os momentos de oração e missas.

Do alto do Convento, e aqui pode ser tanto do Campinho quando da Edificação, terás uma vista incrível para Vitória, com a Terceira Ponte marcando presença.

Convento da Penha

Vista do Convento da Penha para Vitória

Aproveite para conhecer as obras de arte expostas pelo Convento da Penha, seu altar e esculturas da Capela, assim como a as exposições temporárias que usam daquele espaço.

Convento da Penha

Quadro de Nossa Senhora das Alegrias, uma das relíquias do Convento da Penha – Vila Velha

A entrada no Convento da Penha é gratuita, e para saber mais deste importante ponto turístico do Espírito Santo, vale a pena conferir ESSE POST.

3) Ilhas Itatiaia – Vila Velha

Aquele arquipélago que é pertinho do continente, de águas encantadoras e ainda com piscinas naturais de onde é possível observar de peixinhos a estrelas do mar – bem assim são as Ilhas Itatiaia.

Ilhas Itatiaia

Sobre ver o fundo do mar – Ilhas Itatiaia

Para chegar ali, é necessário estar no período onde o desembarque é permitido (vai de meados de outubro a meados de abril) e aconselhamos a contratação de um serviço de translado, que pode ser fechado na praia de Itapuã mesmo, na proximidade da colônia de Pesca, por valores que variam de R$30,00 a R$50,00 (de acordo com o número de pessoas, a procura e o tipo de embarcação).

Ilhas Itatiaia - Vila Velha

A praia mais famosa das Ilhas Itatiaia num momento de respiro

Para curtir bem o dia nas ilhas, a dica é separar o que for consumir durante o dia e levar também guarda-sol e muito protetor solar. Se tiver snorkel, irá fazer um bom uso dele por lá. Aproveite para dar a volta na Ilha, curtir mais de uma praia (embora todas tenham faixas de areia reduzidas) e nadar um pouco nas piscinas naturais que tem ‘atrás’ da ilha.

Ilhas Itatiaia - Vila velha

Águas translúcidas das Ilhas Itatiaia – Vila Velha

Não deixe de passar pela casinho que tem na Ilha do Boqueirão, e curtir uma engraçada obra de arte que deixaram por lá, para dar ares mais charmosos ao arquipélago. Se deu vontade de saber mais, a gente detalha tudo AQUI.

Ilhas Itatiaia

Porque nem só de praia são as Ilhas Itatiaia – tem cultura lá também!

4) Parque Estadual de Itaúnas – Conceição da Barra

Aquele lugar onde andar de rasteira e chinelo é quase que lei, assim como apreciar os movimentos do sol e também o som que vem do triângulo, da zabumba e da sanfona. Assim é Itaúnas, vila gostosa de apreciar o tempo e também onde está o Parque Estadual de Itaúnas.

Itaunas

Bora curtir estas dunas! Itaúnas – Conceição da Barra

As dunas de areia, atração imensurável do Parque, tem o tamanho certo para fazer você querer atravessa-las para chegar ao mar sem se cansar da paisagem ou da distância. Assistir ao nascer ou por do sol ali também são momentos únicos.

Itaúnas

O nascer do sol nas dunas do Parque Estadual de Itaúnas – Conceição da Barra

Mas para quem acha que o Parque Estadual de Itaúnas é só dunas, muito tá é enganado. Ali, dá também para tomar banho na praia ou fazer aquele passeio gostoso de caiaque pelo rio. Se curtes trilha, também tem essa opção, pela restinga e areia, na trilha do Tamandaré.

Itaúnas - Conceição da Barra

Rio Itaúnas e toda a sua beleza – Parque Estadual de Itaúnas – Conceição da Barra

E independente da sua escolha, irás se encantar com a beleza e rusticidade do lugar. A entrada no Parque é gratuita, e o mesmo está aberto de segunda a segunda. Se quiser mais informações sobre a Vila de Itaúnas, tem bem AQUI.

5) Mosteiro Zen Budista – Ibiraçu

Localizado no município capixaba de Ibiraçu, o Mosteiro Zen Morro da Vargem carrega consigo o fato de ser o primeiro Mosteiro Zen da América Latina, observado a sua fundação, no ano de 1974. O local, atualmente reflorestado e revitalizado, localizado no alto de um morro (daí o seu nome), é de profunda paz e harmonia.

Mosteiro Zen - Ibiraçu

Esculturas Sacras no Mosteiro Zen Morro da Vargem – Ibiraçu

O local conta com diversos ambientes, desde Templos a Áreas de Múltiplos Usos. Aos domingos, quando abre para visitação do público, das 8 às 11 horas, é possível aprender sobre as práticas do Mosteiro e do Zen Budismo, além de conhecer as Artes Sacras que guarda o Mosteiro.

Mosteiro Zen - Ibiraçu

Altar – Mosteiro Zen Morro da Vargem – Ibiraçu

Para os mais animados, também há pequenas trilhas no Mosteiro Zen Morro da Vargem, levando inclusive para vistas incríveis do seu entorno. E por isso, vale a pena investir em uma roupa e sapatos confortáveis para aproveitar bem a manhã por lá.

Mosteiro Zen - Ibiraçu

108 Toriis – O caminho da purificação no Mosteiro Zen Morro da Vargem – Ibiraçu

Mosteiro Zen - Ibiraçu

Uma das vistas do Mosteiro Zen Morro da Vargem – Ibiraçu

Aconselhamos também levar dinheiro, visto que lanches saborosos são vendidos aos visitantes. Na entrada do Mosteiro, uma colaboração é solicitada, no valor de R$5,00 (cinco reais) para manutenção do mesmo. E caso ainda queira, é possível fazer uma parada na Praça Torii, que fica às margens da BR101. Mantida pelo Mosteiro, ali estão esculturas de Buda e uma Torri.

6) Museu de Biologia Mello Leitão – Santa Teresa

Localizado em Santa Teresa, lugar com a maior concentração de colibris por metro quadrado, segundo o naturalista Augusto Ruschi, o Museu Professor de Biologia Melo Leitão apresenta a paixão de Ruschi pelos colibris e Mata Atlântica.

Mello Leitão - Santa Teresa

Busto o Professor Mello Leitão – Santa Teresa

Importante para o entendimento e a preservação da Mata Atlântica, o Mello Leitão tem como um dos objetivos guardar espécies de flora e fauna deste importante Bioma, com fins científicos e de educação ambiental, além de preservar a imagem do seu Fundador, Augusto Ruschi.

Mello Leitão - Santa Teresa

Sobre as trilhas gostosas do Mello Leitão – Santa Teresa

Por lá, é possível além de fazer trilhas leves pelo fragmento de mata ao qual se encontra (antiga residência do Ruschi), passear pelo Pavilhão de Exposições, Ornitologia, se encantar com o orquidário, o jardim de rupestre e o jardim de epifítas. E ainda dá tempo de se encantar com o show de colibris da varanda da antiga casa de Ruschi.

Museu Mello Leitão - Santa Teresa

Manu sem piscar olhando para os colibris do Museu de Biologia Professor Mello Leitão – Santa Teresa

A visita ao Museu Mello Leitão acontece de terça a domingo, das 8 às 17 horas, e a entrada é gratuita. E a gente gosta tanto de lá que tem um post com mais detalhes aqui no blog – só clicar AQUI e conferir.

7) Praia do Ermitão – Guarapari

Localizada no Parque Municipal Morro da Pescaria, em Guarapari, a Praia do Ermitão guarda uma combinação que aqui é quase que a receita do sucesso: trilha curta para chegar (1km), muita mata e beleza no caminho, águas transparentes e ainda piscinas naturais que se formam de acordo com a maré nos seus extremos.

praia do ermitão - guarapari

A Praia do Ermitão e suas águas esmeraldas – Parque Municipal Morro da Pescaria – Guarapari

Para passar o dia confortável ali, um guarda-sol e aquela seleção de alimentos para o dia vai bem, mas caso esteja com vontade de aproveitar sem ter que se preparar com muita antecedência, há um quiosque pertinho da praia, praticamente no final da trilha.

praia do ermitão - guarapari

Vista de um dos mirantes do Parque Morro da Pescaria, com a Praia da Areia Vermelha e a Praia do Morro ao fundo.

Praia do ermitão - Guarapari

Das piscinas naturais que se formam com a maré na formação rochosa no extremo direito da Praia do Ermitão

Para entrar no Parque é necessário pagar R$4,00 (quatro reais), e logo na entrada tem banheiro e bebedouro, caso necessário. Mais sobre nossa experiência por lá e também um achadinho, pode ser conferido AQUI e AQUI.

8) Balneário de Ubu – Anchieta

Se o que procura é praia de águas tranquilas e gostosas para um mergulho, que agradará tanto crianças quanto adultos, o Balneário de Ubu é um dos destinos que indicamos.

Praia de Ubu - Anchieta

Vista para a Praia de Ubu, Anchieta

A praia, que tem desde piscininhas naturais (na maré baixa) no seu extremo direito a área com frondosas castanheiras e sombra no extremo esquerdo, é um boa pedida em dias de sol. E para quem quiser esticar e também comer por ali, alguns são os restaurantes na sua orla, nos quais é possível encontrar desde a tradicional moqueca capixaba quando outros preparos.

Ubu - Anchieta

Nada melhor do que aproveitar a areia e a água na praia de Ubu – Anchieta

Ubu

Sobre a tranquilidade do balneário de Ubu – Anchieta

Para conferir a nossa experiência nesse destino, é só conferir o post que tá no blog, clicando AQUI.

9) Parque Estadual Pedra Azul – Domingos Martins

Que os Parques Estaduais do Espírito Santo são xodós por aqui não é segredo. Afinal, áreas preservadas e onde os bens naturais são valorizados são mais do que lugares incríveis para passar um dia. E com o Parque Estadual Pedra Azul não seria diferente, visto que mesmo estando localizando numa região que possui temperaturas amenas a frias no inverno, guarda ainda piscinas naturais ótimas para os dias de verão.

Pedra Azul

O lagarto – Parque Estadual Pedra Azul

E se no inverno, a beleza das trilhas do Parque, a vista privilegiada para a Pedra Azul e a floração das cerejeiras (olhar bem que é um curto período e bem específico) são a atração, no verão a trilha para as piscinas naturais é que chama a atenção, fazendo com que esse parque seja sempre uma boa pedida.

Pedra Azul

Aproveitando que algumas flores já estavam a vista!

Pedra Azul - Domingos Martins

Vista das piscinas naturais do Parque Estadual Pedra Azul – Domingos Martins

A entrada é gratuita, e o parque fica aberto de terça a domingo, das 8 às 17 horas. O parque possui uma limitação diária de visitantes, para a sua preservação, e vale sempre a pena ir cedo ou dar aquele ligara para saber como está a visitação no dia. Outra dica importante é verificar se o parque não estará fechado por algum motivo especial, como o dia de Natal, Véspera e Ano Novo – isso no site oficial.

Pedra Azul

A Pedra, o Lagarto e a Manu – Parque Estadual Pedra Azul – Domingos Martins

Nossa experiência por lá e mais detalhes do que esperar e como aproveitar esse destino incrível, só conferir AQUI.

10) Hidrolândia – Iúna

Se tem uma região que encanta pela diversidade de belezas naturais e qualidade com que recebe o turista, essa é o Caparaó Capixaba. Ali, diversas são as cachoeiras de águas cristalinas, cafés premiados e paisagens de tirar o fôlego. E escolher um destino para representar essa região foi difícil, mas elencados Hidrolândia Parque e suas águas esmeraldas.

Hidrolândia

Ás águas do Caparaó – Hidrolândia Parque

O Hidrolândia Parque é uma propriedade particular, em que é cobrado uma taxa de manutenção para ter acesso ao complexo, no valor de R$15,00. Lá também tem um restaurante, com comida a quilo no fogão a lenha, com preço na faixa dos quarenta reais. Logo, para um dia tranquilo por lá é necessário levar garrafa de água e algo mais leve, caso não deseje comprar tudo na propriedade.

Hidrolândia

As diversas poças e pequenas piscinas naturais com cachoeirinhas em Hidrolândia

Carapao - Iuna

Sobre as corredeiras do Hidrolândia Parque – Iúna

Prepare-se para águas geladas, dada a altitude de Hidrolândia. Por isso, a dica aqui é ir em dia de sol a pino – para poder mergulhar com gosto. Nossa experiência por esse paraíso pode ser conferida AQUI.

 

Esse post faz parte de uma blogagem coletiva, onde o intuito é apresentar lugares incríveis para a gente aproveitar logo que possível, assim que for seguro voltar a conhecer lugares incríveis sem por em risco a nossa saúde e a de quem nos acolhe. Para conferir os posts da blogagem, basta se deliciar com a lista abaixo:

Destinos por onde andei…Top 10 paises incríveis para recordar 

Expedições em FamíliaTop 10 cidades da Estrada Real 
MystrasTop 10 pelo mundo 

A gente destaca aqui que estes lugares, listados nesta postagem, não são passíveis de visitação por agora, visto que atualmente estamos num momento que ficarmos em casa e muitos dos parques encontram-se fechados. Mas assim que a gente volte e poder explorar com segurança esse mundão, segue a listinha que tá no nosso TOP 10 dos Destinos Capixabas Incríveis.

Compartilhe: