Anchieta

O principal motivo que nos levou a conhecer o balneário de Ubu, localizado em Anchieta/ES, foi a localização da Pousada Pau Brasil. Sim, já tínhamos vistos fotos dali, achado a enseada uma graça, mas ainda não tava na lista do lugares para se conhecer em 2019. E ainda bem que recebemos o convite, pois embora pouco divulgado, o balneário é uma delícia, praia de água calma e gostosa, e de quebra, com piscininha para ver peixinhos – hobby da pequena. Que tal descobrir mais desse balneário?

Anchieta

Praia de Ubu – Anchieta/ES

O balneário de Ubu e o Caminhos de Anchieta

Originário de um pequeno povoado de pescadores, o balneário do Ubu ainda conserva a simplicidade e acolhida desta época, guardando em suas praias de águas mansas e cor esverdeada peixinhos que é possível avistar com água ainda na canela.

Anchieta

As ondas de Ubu – Anchieta/ES

Sua enseada faz parte do Caminhos de Anchieta, que significa que ali passa o “Passos de Anchieta“, que é o quarto caminho de peregrinação existente no mundo, simbolizando os caminhos percorridos pelo Padre José de Anchieta, de Vila de Rerigtiba , atual cidade de Anchieta, á Vila de Nossa Senhora da Vitória, atual capital capixaba. Atualmente os Passos de Anchieta leva centenas de pessoas numa caminhada de mais de 100 km, que dura 4 dias.

Inicialmente colonizado por índios que habitavam essa região, o nome de Ubu não veio atoa. O Padre José de Anchieta é conhecido como um dos pioneiros na introdução do cristianismo no país, também foi dramaturgo, gramático e poeta, além de autor da primeira gramática em tupi guanari. Logo, tinha forte ligação com os primeiros moradores daquela região.

Quando de sua morte, o corpo do padre foi transportado para a capital Vitória pelos índios, para ser enterrado. E de acordo com os dizeres, logo na região do balneário, seu corpo caiu. Em tupi, “ubu” significa queda, e quando da queda de seu corpo a exclamação era ‘ABA UBU‘, ou seja, o ‘padre caiu’. Neste local, hoje tem uma cruz para lembrar do acontecido.

Anchieta

Cruz em homenagem ao Padre José de Anchieta – Praia de Ubu

A orla de Ubu

Com alguns restaurantes e quiosques, a orla de Ubu não é de muito agito e confusão. Assim como o balneário, o clima agradável de quem quer descansar se espalha também ali.

Dos itens que nos chamaram atenção, estavam as pinturas nos quiosques, dando um ar moderno aquele ambiente. Manu quis parar em dois para tirar fotos, e não posso discordar da atitude dela, pois para mim a pintura também era linda.

Anchieta

E a revolta da foto foi a altura das asas. Mas ficou uma graça né? Praia de Ubu – Anchieta/ES

Anchieta

Sobre colorir a orla…

E para atiçar a imaginação da pequena, ainda havia uma escultura de sereia. E a minha pessoa, sobrou o fato de explicar o porque de um ser que ‘não existe’ ter escultura na beira da praia ainda falar o porque ela tava sem biquíni. Mas nada que ofenda a moral e os bons costumes!

Anchieta

E se tem mar, tem sereia! Monumento na chegada a praia de Ubu

A praia de Ubu

A praia de Ubu tem aquele ar bucólico que a gente curte. Embora seja uma ótima pedida para famílias e pessoas que preferem mar ‘piscina’, não faz tanto sucesso ainda quanto as praias vizinhas de Guarapari. E isso só faz com que a estadia ali seja mais gostosa, pois não há necessidade de brigar por espaço para o guarda-sol ou estender a canga, o que pode ser confirmado no relato do Guia&Turismo.

Anchieta

Praia de Ubu – Canto esquerdo

Anchieta

Tem uma criança embaixo deste chapéu. Juro! Praia de Ubu – Anchieta/ES

Anchieta

Praia de Ubu – Anchieta/ES

Com cerca de 1 km de extensão, possui na sua extremidade direita (próximo a Cruz em homenagem ao Padre José de Anchieta) uma formação rochosa que na maré baixa formam piscininhas naturais, que por sua vez ficam cheias de peixinhos coloridos e de fácil visualização. Posso afirmar que depois de descoberto esse cantinho, ele foi eleito o nosso preferido da praia.

Anchieta

Aquele cantinho que tem que ir! Praia de Ubu – Anchieta/ES

Anchieta

Piscininha da Praia de Ubu – Anchieta/ES

Anchieta

Sobre as piscininhas do lado direito da Praia de Ubu – Anchieta/ES

Anchieta

Área de fácil visualização de peixinhos na maré baixa – Ubu – Anchieta/ES

Anchieta

Sobre a transparência das águas da piscininha na maré baixa – Ubu – Anchieta/ES

Anchieta

Deu para sentir a alegria da criança daí?

Anchieta

Porque só sorrir não basta para essa criança!

Anchieta

A maré tava subindo, e a gente continuava por ali…

Anchieta

Na eterna busca por peixinhos!

Anchieta

Aproveitando as piscininhas para ver os peixinhos

Explorando um pouco mais

Para quem curte uma aventura, mesmo que em nível fácil, há ainda a opção de caminhar sobre a formação rochosa que surge no lado esquerdo da praia de Ubu. Só fomos explorar aquela parte devido a indicação da Tiana, uma das proprietárias da Pousada Pau Brasil, onde estávamos.

Anchieta

Pode dizer que já deu vontade de entrar na água e ficar só de boas! Ubu – Anchieta/ES

Anchieta

Explorando o costão rochoso da praia de Ubu

Para essa caminhada aconselho ao menos uma chinelo. Tênis não digo que seria necessário, mas mal também não faz. Levamos em torno de 40 minutos para andar até o ponto que foi possível (ou assim julgamos) e voltar. A vista do alto é bem bonita, e mais que compensa a pequena caminhada.

Anchieta

Criança que trilha: temos!

Anchieta

Vista do alto do costão rochoso de Ubu – Anchieta/ES

Anchieta

E a profundidade sumiu na foto – mas tava alto, creiam!

Anchieta

Porque não aproveitar esse visual? Ubu – Anchieta/ES

Nossa Percepção

Poder conhecer como não só explorar mais da região foi muito bom. O balneário de Ubu e suas águas encantaram a gente, e mesmo com a chuvinha fina que bate lá fora enquanto escrevo esse post, a vontade é poder torcer por um final de semana se sol para poder curtir mais do lugar.

Das dicas possíveis, acredito que a melhor é sempre ter aquele kit de praia contigo. O daqui de casa é composto por cadeira de praia + guarda sol + protetor + cooler + chapéu + disposição. Embora tenham quiosques na praia, levar sua água geladinha, às vezes aquele suco natural e algum petisco não faz mal a ninguém. Mas saiba que também existe opções para caso prefira consumir por lá.

Inclusive, uma das coisas que não coube no nosso tempo por ali mas teremos que voltar para provar é a Moqueca do Garcia. Muito conhecida e recomendada na região.

Aproveite para chegar na maré-baixa, e corra logo para o canto direito da praia. Ali encontrara a piscininha – e nem precisa de snorkel e óculos para ser feliz por lá!

Anchieta

Será que alguém curtiu a maré baixa e a piscininha?

Compartilhe: