Bento

Das tarefas mais difíceis que já tive por aqui, uma delas é limitar a apenas 3 vinícolas para conhecer em Bento Gonçalves. Que a cidade de Bento Gonçalves é uma dos berços da vitivinicultura não se discute. Assim como o fato de que das pequenas as grandes, o tratamento e cuidado com o turista é de primeira.

Bento

Os galhos e uvas da Vinícola Cristofoli, em Bento Rodrigues/RS

E na audácia de escolher apenas 3 vinícolas em Bento Gonçalves, estamos nós aqui neste post. E o porque de 3? Para que aquilo que vimos de destaque em cada uma possa ser observado pelo turista, acompanhando 3 distintos passeios sobre o mesmo tema e na mesma cidade.

Quando estávamos montando o roteiro por Bento Gonçalves, a ideia era pelo menos visitar uma grande vinícola, uma pequena e ter uma experiência única em alguma outra, além das conhecidas degustações. E talvez por isso, resolvemos aqui apresentar uma com cada característica acima apresentada.

O Castelo da Cave de Pedra

Das pequenas vinícolas para conhecer com degustação, escolhemos a Cave de Pedra. Vinícola com a pegada de boutique e rótulos elaborados, além de produção limitada e premiada, o castelo tem todo um charme a mais na visita.

Bento

Sobre conhecer castelos de verdade!

A edificação onde abriga a mesma foi construída em pedra basáltica, o que propicia temperaturas mais amenas e soma na produção dos vinhos por ali.

Bento

Sobre os tesouros e seus baús devidamente guardados na Cave de Pedra

Nossa escolha foi pelo tour guiado (R$30,00), mas ali há opções de piqueniques a degustação a cegas, que devem ser reservadas com antecedência. Ela dura cerca de 50 minutos, e vai desde os produtos da casa a parte de fora do castelo, nos parreirais. O tour guiado acontece de segunda a sábado e nos feriados, das 10h às 17h. Aos domingos das 10h às 16h.

Bento

Criança curtindo conhecer um castelo (e os pais, uma vinícola boutique!)

Bento

As paredes de pedra da Cave

Bento

Curtindo o jardim do Castelo!

Bento

As uvas e as rosas, na Cave de Pedra, Bento Gonçalves/RS

Nossa experiência por lá pode ser conferida NESTE post. E para mais informações e preços atuais, a sugestão é conferir o site deles.

A Grande Casa Valduga

Se tu queres conhecer uma história de empreendedorismo, visão, dedicação e esmero com o produto gerado, tens que ir a Casa Valduga. O início do cultivo das parreiras começou em 1875, e de lá para cá a ideologia sempre foi de entregar um produto com qualidade. Destaca-se aqui também o pioneirismo do enoturismo na região.

Bento

Sobre os cenários e construções centenárias da Casa Valduga, em Bento Gonçalves/RS

O carro chefe de sua produção são os espumantes, bebida na qual é referência. E não é atoa que ali também está a maior cave subterrânea da América Latina. A soma de atrações a vitivinicultura, como a pousada e o restaurante, fizeram com que a Casa Valduga fosse eleita como um dos 1000 lugares para se conhecer antes de morrer.

Bento Gonçalves

Aproveitando dos cenários da Vinícola Casa Valduga

Embora ofereça cursos e enoturismo de experiência, com horários e datas pré-definidos, a maior busca ali é pelo tour guiado. Essa visitação acontece em sete horários durante a semana (com o primeiro às 9h30 e encerrando às 16h30) e com seis horários nos finais de semana (encerrando mais cedo, às 15h30). A duração da visita guiada é de aproximadamente 1h30, sendo que no final é possível ficar o tempo que quiser na loja da vinícola. O investimento foi de R$40,00, sendo que ao final ficamos com a taça estilizada. NESTE post a gente conta mais detalhes.

Bento

Aquela foto marota nos parreirais da Casa Valduga

Após a visitação pela linha de produção e onde estão armazenados os tesouros dessa vinícola, os turistas são levadas para conhecer parte dos parreirais. Lembre-se aqui que de acordo com a época do ano, terá ali paisagens super diferentes.

O Edredom nos Parreirais na Vinícola Cristofoli

Sabe aquela experiência gostosa de ter vivido? Tivemos ela na Cristofoli. Vinícola pequena, administrada pela família que cuida tanto da produção dos vinhos e sucos quanto do receber o turista e proporcionar a este momentos ímpares, és uma que tens que visitar se busca pelo tal ‘turismo de experiência’.

Bento

Produtos regionais e história da vinícola Cristofoli

Bento

E o nosso teto era assim! Edredom nos Parreirais na Vinícola Cristofoli

A experiência, inclusive, muda de acordo com a fase do parreiral. Quando fomos, vivenciamos o Edredom nos Parreirais, que a gente contou AQUI. Caso vá na época da vindima, é possível acompanhar a colheira, a pisa da uva e um almoço por ali, escutando uma boa música. Ou seja, em qualquer época que for, será bom!

Bento

Sobre o nosso desafio da tarde na Cristofoli

Bento

Sobre as nossas escolhas para bebidas no edredom nos parreirais

Bento

E quem disse que criança não curte parreirais não soube como aproveitar com a cria!

Caso esteja sem tempo ou a agenda da vinícola já esteja cheia nos seus dias pela região, não se avexe e ao menos passe pelos Caminhos de Pedra, rota turística que ela faz parte, e pare na lojinha. Ali, além de muita história, tem produtos da região e os vinhos da Cristofoli.

Mais Dicas…

A região do Vale dos Vinhedos extrapola o limite de Bento Gonçalves, e os municípios do entorno também proporcionarão momentos impares. Também se destaca pela qualidade dos serviços oferecidos ao turista, que vão desde parques temáticos como restaurantes que parecem nos abraçar. Diversas são as vinícolas em Bento Gonçalves e nas cidades que compõem o Vale dos Vinhedo, com ótimas opções para passeios, degustações e experiências personalizadas. Então, deixe algum espaço no roteiro para conhecer além das vinícolas!

Bento gonçalves

Sobre curtir a experiência de conhecer os parreirais da Cristofoli

Compartilhe: