Uma das características mais marcantes de Vitória é o fato que de a Capital é formada por uma ilha e uma parte continental. Esta disposição geográfica proporciona uma vista privilegiada para o mar de muitos lugares, além de incentivar a prática dos esportes náuticos pela capital.

Que tal curtir esse visual? Vitória/ES

Somados a esta característica, ainda tem-se o fato da capital capixaba ser privilegiada por muitas áreas verdes e um paisagismo que não passa em branco – o que só torna as atividades ao ar livre um atrativo. E se a gente junta um lugar bonito, bem cuidado e ainda com vista para a água, não tem como deixar de falar daqueles passeios que tiram o fôlego – e vamos apresentar neste post um pouquinho do tantão dos passeios que Vitorinha tem a oferecer!


Volta de Bike

Nos últimos anos as ciclovias de Vitória passaram por uma revitalização, assim como o calçadão da orla de Camburi. Estas obras incentivaram não só a população a andar mais de bike para as atividades diárias, como também o turista a pedalar para conhecer parte deste distinto município. A instalação do Bike Vitória contribui também para que tanto o morador quanto o turista possa alugar a magrela e curtir a maresia pedalando pelas ciclovias da cidade. A dica aqui é percorrer deste o Horto Mercado (e emendar com o passeio pelo Centro de VisitantesTamar?) até o viaduto no final da Praia de Camburi.  
Vista do Bicicletário do BikeVitória do Porto de Vitória – Centro
 
Cruz do Papa – e o Convento da Penha ao fundo – Praça do Papa – Enseada do Suá 
 
Píer atrás do Shopping Vitória
 
Curva da Jurema – Praia do Canto
 
Vista para o Iate Clube – Praia do Canto
 
Mais da Praia do Canto

 

Praia de Camburi – Jardim da Penha
 
Praia de Camburi – Jardim Camburi

Aproveite para ir parando nos pontos de interesse, fotografando e tomando água de coco. Caso veja a figura de um senhor segurando um violão sentado em um dos bancos da orla, saiba que se trata de Maurício de Oliveira, um renomado violinista brasileiro (e capixaba). Caso seja bem animado, dá para dar a ‘volta na ilha’ de bike.

Maurício de Oliveira – Praia de Camburi


Aproveitar o Mar

E já que estamos tão pertinho do mar, porque não aproveitar para fazer uma atividade nele? Durante os finais de semana, é possível encontrar na Praia do Canto ou na Curva da Jurema um pessoal alugando caiaque e standUp Paddle. Mas caso prefira a prática destes esportes com um grupo maior, a dica aqui é olhar no AVES se tem remada programada. Aqui já tivemos a experiência em fazer a remada para ver o pôr do sol, e foi sensacional!

Passeio de caiaque – Vitória

 

Pôr do Sol do Mar – Vitória

Também é possível fazer um passeio de escuna pelas águas de Vitória, tanto pelo mar quanto pelo Manguezal. Como ainda não fiz estes passeios pós Manu, não tenho relato deles em posts, mas indico a leitura do artigo do Blog Destinões.

Ilha das Caieiras – Vitória

Caso esteja nesta distinta capital de Julho a Outubro, outra dica de outro é fazer o passeio para o avistamento de baleias. Estes passeios começaram a poucos anos, e após pesquisas científicas identificaram que nem todas as Jubartes que vem do Ártico vão para o sul da Bahia – algumas permanecem na costa capixaba até o período de retorno, e aqui dão a luz. Esse passeio está na lista de um dos mais fantásticos que já fizemos – e indico a todos que posso. No blog a gente detalhe ele em um post, e dá para conferir clicando AQUI.

Avistamento de Baleias Jubarte – Vitória

 

Aquele momento que a gente só agradece – Avistamento de Baleias – Vitória

Ruas como galerias

Algumas são as ruas de Vitória que vem se tornando cada vez mais uma galeria a céu aberto. É fácil andar pela cidade de encontrar um ou outro muro com grafite e/ou pinturas. A dica aqui é parar para apreciar, fotografar e curtir a mensagem que a arte de rua passa.
Pintura no muro da Escola Elzira Vivacqua dos Santos – Jardim Camburi

 

A preferida da Manu – próximo a rua da Lama – Jardim da Penha

Para quem curte patrimônio histórico vivo e pulsante

Visitar as Paneleiras de Goiabeiras é como ver um coração pulsando de perto – ali é possível ver a arte de transformar o barro na panela que por sua vez consegue perpetuar uma tradição centenária. Para aqueles que apreciam uma culinária local, impossível sair de Vitória sem provar uma legítima Moqueca Capixaba, feita na panela de barro vinda das Paneleiras de Goiabeiras. O passeio por aqui deve durar em torno de 60 minutos. Aproveite para conversar com as paneleiras enquanto apreciam a arte de moldar uma panela, peguem as dicas e receitas para dar mais saber aos seus pratos e de quebra, leve contigo esse pedaço imaterial do Espírito Santo.

Paneleiras de Goiabeiras – Vitória

 

Panela de Barro – Goiabeiras 

 

E para fechar com chave de ouro…

 
Aproveite para tirar aquela fotoca no novo monumento de Vitória, a escultura Vitória 360 graus. O monumento foi inaugurado na cor branca, e de acordo com a proposta receberá ao longo do tempo intervenções artísticas, como descrito no projeto A Arte é Nossa. E a primeira intervenção trouxe no grafismo cores vibrantes e uma baleia, com a assinatura de Ficore.
 
Vitória 360 graus – Enseada do Suá
 
Escolher um destes passeios e colocar na listinha do final de semana ou roteiro turístico é super recomendado e faz um bem danado para o coração. Vitória é uma cidade linda de se conhecer – e poder aproveita-la de diversas formas só torna a experiência mais rica.
Compartilhe: